digitação utilizada para inclusão no site:
14/10/2009

RÁDIO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS – FM ESTÉREO

Jeronymo Ferreira Alves Netto

O dinamismo e o espírito empreendedor de Dom José Fernandes Veloso foram responsáveis pela fundação da Rádio UCP, criada pela Resolução número 5/1977, do Conselho Universitário, datada de 1.º de abril de 1977, com a finalidade de “Promover a divulgação da literatura, brasileira e universal; e da boa música, em suas várias formas e estilos; terá noticiário amplo e variado com informação adequada; e difundirá os valores artísticos e históricos, sobretudo de Petrópolis e regiões vizinhas”. (1)

(1) Artigo 4.º, Resolução número 5/1977, Conselho Universitário da UCP.
 


Foram necessários quatro longos anos de estudos e trabalhos preparatórios para que ela fosse inaugurada, a 30 de abril de 1981.

Durante todo este período, contou Dom José com a valiosa cooperação do então Monsenhor Manuel Pestana Filho, na ocasião diretor da Faculdade de Ciências Econômicas, Contábeis e Administrativas da Universidade, hoje Bispo Emérito de Anápolis e de Aristides Cerqueira Leite, conhecido por sua grande experiência de rádio e televisão, que se tornaria o primeiro Diretor Administrativo da citada emissora.

Órgão suplementar da UCP, toda a sua programação é inspirada na doutrina cristã de desenvolvimento integral do homem, através da indissociabilidade da educação e da cultura.

Não sendo uma emissora comercial, tem inteira liberdade de colocar no ar uma programação que não impõe ao ouvinte o que o mercado fonográfico exige das emissoras com fins lucrativos.

Por ocasião de sua inauguração, Dom José definiu com rara felicidade, a missão da mesma, assim se pronunciando: “A Rádio UCP quer ser um instrumento educativo e cultural da Universidade a serviço de Petrópolis; sem qualquer conotação comercial ou de propaganda, deseja divulgar nossa cultura, a realidade de Petrópolis e suas potencialidades; apoiar as promoções culturais da Cidade Imperial; ser fulcro da extensão a toda a Comunidade da missão educativa da Universidade; servir a toda a rede de Ensino do Município em seu noticiário e, posteriormente, quando os recursos disponíveis o permitirem, com a produção de especiais programas educativos” (2).

(2) Veloso, José Fernandes Dom: in informativo UCP, ano XII, número 87, maio de 1981, p. 3.
 


A primeira direção da Rádio UCP ficou assim constituída: Aristides Cerqueira Leite (Diretor Administrativo); Doutor Edson Paulo Lobo (Diretor de Programação); Professor Adalberto Imbrósio (Diretor Técnico); Silvio Carvalho da Silva (Diretor de Jornalismo). Inicialmente a rádio teve pouco alcance, em razão da potência que lhe foi concedida. Posteriormente seus transmissores foram instalados no Morro da Bandeira, no Alto Morin, permitindo um maior alcance de suas transmissões.

É muito importante ressaltar que a Rádio UCP recebeu considerável apoio e adesão de variados centros produtores de rádio difusão educativa, sobretudo da Europa, fato que aliado à qualidade técnica de seus equipamentos, permitiram a mesma proporcionar a seus ouvintes uma programação à altura das tradições culturais de nossa cidade.

Programas como “Macaé, sua vida, sua gente, sua história” , produzido para o sistema de rádio difusão do MEC, “Coisas da Província”, “Canta Brasil”, “Momento Jovem”, “Jazz Espetacular” e “Musical de Gala”, alcançaram elevados índices de audiência.

Em 1982, a Rádio UCP foi destaque na Alemanha, ao realizar um programa especial comemorativo do “Sesquicentenário da morte de Johann Wolfang Goethe”, atendendo a uma solicitação da “Deutsche Welle Transkriptionsdienst”. Nossa emissora preparou um programa nas versões portuguesa e alemã, participando da primeira, Ronaldo Camarota, Ana Maria Flóres e o professor Helmuth Krüger e da segunda os professores Helmut Krüger e Rênia da Cruz Mendes Hall. Foi sem dúvida um momento mágico na história de nossa emissora.

Lembramos ainda, com grande emoção, as crônicas do professor Manuel Machado dos Santos, todas de “belo conteúdo filosófico e algumas de fino humor”, bem como das mensagens espirituais para conforto e meditação, pronunciadas por Dom José Fernandes Veloso e pela professora Maria da Glória Rangel Sampaio Fernandes.

A 2 de janeiro de 2006, foi assinado um convênio com a Rádio SP – UM LTDA / Rede Mix, ocorrendo em consequência uma mudança radical na programação da Rádio UCP. A nova programação não agradou aos ouvintes, provocando reclamações e fazendo cair os índices de audiência, fato que levou à rescisão da parceria, em 1º de março de 2008.

Atualmente, sob a direção do Maestro Marcelo Vizani Calazans, ela vem reestruturando sua programação para continuar sendo um instrumento educativo e cultural da Universidade a serviço de Petrópolis. Que as sábias palavras proferidas por Dom Manuel Pedro da Cunha Cintra, por ocasião de sua inauguração, possam estar presentes neste trabalho: “Ela tem uma mensagem para todos. Sobre os valores do espírito, sobre as realidades misteriosas da Fé, sobre os grandes temas da formação do Homem e do Cristão, sobre a dignidade da pessoa livre, sobre as máximas da Moral e do Bem” (3).

(3) Cintra, Manuel Pedro da Cunha. Inauguração da Rádio UCP, in informativo da UCP, maio de 1982, p.3.

topo da página

índice de trabalhos

índice de autores