digitação utilizada para inclusão no site:
02/07/2002

VICENTE TAPAJÓS  - IN MEMORIAM

Jeronymo Ferreira Alves Netto

Faleceu no Rio de Janeiro, no dia 18 de fevereiro de 1998, aos 81 anos, o professor e historiador Vicente Costa Santos Tapajós.

Petropolitano de nascimento, deixou atrás de si uma intensa e extensa produção histórica, além de uma brilhante atuação no magistério.

A maior parte de sua vida foi dedicada à difícil missão de educar e ensinar, atuando como professor de História por mais de 50 anos, num contato diário e proveitoso com a juventude, à qual transmitiu sadios sentimentos de brasilidade, civismo e amor à terra natal.

Lecionou no Colégio Pedro II, no Instituto de Educação, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, na Universidade Santa Úrsula, no Instituto Rio Branco e foi ainda assessor de História da TVE e da TV Rio, prestando deste modo uma contribuição magnífica à educação em nosso país.

Sua atividade, no entanto, não se limitou a esse esforço admirável em formar as novas gerações. Sua obra de pesquisa histórica o define como um pesquisador instigado por uma curiosidade intelectual infindável, realista e honestíssimo nas conclusões de suas investigações.

Assim, escreveu inúmeros livros didáticos sobre História, que muito contribuíram para tornar mais atraente e eficaz o ensino desta disciplina e inúmeras obras, entre as quais destacamos a “História da América” e a “História Administrativa do Brasil”, escritas com a melhor técnica da ciência histórica e que o definem, é justo reconhecer, como um grande historiador.

Agraciado com vários títulos, Vicente Tapajós era membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, desde 1984, onde fez parte da Comissão de Pesquisas Históricas e ocupou a presidência de 1992 a 1995.

Pertenceu também ao Instituto Histórico de Petrópolis, inicialmente como Sócio Efetivo e, posteriormente como sócio Emérito.

Em nosso Instituto, integrou a Comissão de História de 1981 a 1982, proferiu palestras e publicou artigos.

Sua morte desfalca o Brasil de um de seus mais dedicados educadores e expressivos historiógrafos.

topo da página

índice de trabalhos

índice de autores