Instituto Histórico de Petrópolis
 24/09/1938
www.ihp.org.br
31/07/2000
c784212T4179918012

Digitação utilizada para inclusão no site:
30/06/2012

Tribuna de Petrópolis:
02/07/2012

Texto revisto segundo Princípios de Edição, considerado o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, promulgado pelo Decreto n.º 6.583/2008.

 

Novo tempo acadêmico

Joaquim Eloy Duarte dos Santos

A Academia Petropolitana de Letras, no ano de seu 90º aniversário, está de cara nova; elegeu na manhã de 23 de junho nova Diretoria para cumprimento do restante do ano corrente de  2012, ou para completar o biênio 2012-2013; ainda não tenho a informação exata.

Assumiram a Presidência e a Vice-Presidência, respectivamente, o acadêmico Paulo Machado da Costa e Silva e acadêmica Christiane Magno Michelin.

Está em ótimas mãos a APL, sob o Presidente Paulo Machado da Costa e Silva, acadêmico titular da Cadeira n.º 12, patrono José do Patrocínio, desde sua posse em 13 de maio de 1972, extraordinário professor e político, historiador e sábio administrador.

É o acadêmico mais idoso do quadro titular, porém não é o acadêmico decano, como  anotado  em recente artigo publicado em nossa imprensa.

O mais antigo acadêmico, o decano da Casa Literária, sou eu, titular da cadeira n.º 33, patrono Oswaldo Cruz, empossado em 8 de março de 1969, na presidência do extraordinário homem de letras Dr. Mário Fonseca.

Desde a  minha posse, ocupei em várias diretorias os cargos de:
1º Tesoureiro (1970-1973, 1976-1977, 1982-1983);
1º Secretário (1999-2000);
e Presidente (1974-1975, 1984-1985, 1986-1987, 1988-1990, 1991-1992, 1993-1994, 2000-2001, 2002-2003, 2004-2005, 2006-2007, 2008-2009 , 2011-2012 (parte).

Foram 24 anos na presidência e mais 10 anos em cargos na Diretoria; mais de um quarto de século sob dedicação à Academia. Não senti os anos passarem no decorrer do meu grande entusiasmo pela condução administrativa de nossa querida Academia Petropolitana de Letras.

Agora, entendo que necessito respirar outros ares, enveredar por novos desafios, viver mais despreocupado a minha velhice, comprovada pela série de remédios receitados pela Medicina na tentativa de esticar minha existência terrena. Continuo a peleja em outros sítios.

À nova Diretoria Acadêmica, sob meu companheiro de muitas batalhas em favor da Educação e da Cultura de nosso Município, Paulo Machado da Costa e Silva, que respeito, admiro, no que me acompanha toda Petrópolis, desejo sucesso, muita dedicação e amor, tal como, acredito, prodigalizei à APL como administrador e estudioso na salvaguarda de  seu patrimônio cultural e de sua magnífica história.

Parabéns, meu colega da 1ª turma de bacharéis da Faculdade de Direito, embrião da atual Universidade Católica de Petrópolis, pela coragem de mais um desafio, de tantos que cumpriu com honra e talento em sua prodigiosa vida.

Tenho absoluta certeza e confiança que a Academia segue adiante, por sua ação e trabalho, sob admiração e agradecimento da Cultura Petropolitana.

topo da página

índice de trabalhos

índice de autores