digitação utilizada para inclusão no site:
06/02/2005

Ameaça dos NEOs - Fogo, Trevas, Tsunamis (6)

Fernando M. Gomide

CAPÍTULO III - (Segunda parte)

III.9 - PALMA MARIA D'ORIA MATARELLI (+1863)

"Prodígios sobrenaturais aparecerão nos céus. Haverá três dias de trevas. Nenhum demônio ficará no inferno. Sairão para excitar os ímpios e assassinos ou para desanimar os justos e causarão a morte de grandes multidões de incrédulos e homens ímpios. Para essa ocasião espantosa, o uso de velas bentas, já que só elas poderão iluminar e preservar os católicos fiéis desse apavorante e ameaçador castigo" (11).

(11) Rev. R. Gerald Culleton.  The Reign of Antichrist, Tan Books and Pub., Inc. Rockford, Illinois, 1974, pp. 155-156.


Observamos na beata Elizabeth Canori-Mora assim como nesta vidente, a sobreposição aos efeitos do impacto do cometa, o que se vê em Sta. Hildegarda e a Irmã Maria da Natividade, fatos sobrenaturais consubstanciados na ação de demônios. O castigo terá a completude de efeitos físicos naturais combinados com efeitos sobrenaturais.

III.10 - STA. MARIA DO JESUS CRUCIFICADO (+1878)

Canonizada pelo Papa João Paulo II.

Originária de família árabe católica do Rito Greco-Melquita. Ingressou na França nas carmelitas descalças e fundou o Carmelo de Belém. Profunda vida mística, a petite arabe passou por intensas provações como a de passar 40 dias possuída pelo demônio. Teve visões proféticas.

Recebeu esta revelação de uma conversa de Cristo com Satanás, em que o Divino Mestre disse:

"Vai, Eu te dou todo o poder sobre a Terra e verás se Meu povo não vem totalmente a Mim em grandes brados; tu verás que aquele que Me trai, não deixará suplicar por Mim. Vai, te dou todo o poder sobre a Terra; mas lembra-te que o futuro será para tua própria vergonha".

Como vemos, isto parece o anúncio da dominação do Anticristo que será planetária: "te dou todo o poder sobre a Terra". Mais adiante:

"O Senhor disse: é o século em que a serpente adquiriu asas e por isso vou purgar a Terra. Quem poderá se salvar? É aquele que pede a humildade e a pratica. A humildade é a paz!... Ela é rainha, a alma humilde".

"Minha filha disse o Senhor, aquele que não dá sua vontade a Jesus, não pode fazer nada... Estamos agora num tempo, num século de trevas, o espírito está cego, não sabe o que quer... Quantos padres e religiosas tombaram porque não deram sua vontade a Jesus!".

"Ao mesmo tempo, vi nuvens, tempestades, chuva de toda coisa cair sobre a Terra e nada aconteceu a esta casa (O Carmelo de Belém)".

"Pequenos cordeiros, não tenhais medo de Deus. Ele vai golpear a Terra e haverá terremotos; não tenhais medo; recorrei a Deus somente..." (13)

"Durante uma escuridão de três dias, as pessoas dadas ao mal morrerão e só um quarto da humanidade sobreviverá" (4).

(13) R.P. Estrate.  Vie de Soeur Marie de Jesus Crucifié, Lib. Lecoffre, Paris, 1916
(4) Albert J. Herbert, S.M.  The Three Days’ Darkness, P.O Box 309, Paulina, La. 70763, 1988


Nestas profecias da "petite arabe", dois efeitos do impacto de algum cometa: terremotos e trevas. Ela acrescenta que 75% da raça humana será destruída.

III.11 - MARIE-JULIE JAHENNY, ESTIGMATIZADA DE LA FRAUDAIS (+1941)

Marie-Julie desejou ser religiosa o que seu confessor não aconselhou devido a sua saúde precária. Desde menina demonstrava ser muito piedosa. Cedo começaram seus fenômenos místicos como os estigmas.

No início de 1914 ela profetizou a I Guerra Mundial e, após o fim desta em 1918, vaticinou a II Guerra Mundial. Depois desta começada em 1939 profetizou que ela seria longa e terminaria mal. Isto efetivamente aconteceu na Conferência de Yalta, quando os leaders principais das maravilhosas democracias, Churchill e Roosevelt, doaram os países do Leste Europeu para a União Soviética. Conheci imigrantes húngaros no Brasil que tinham um especial ódio pelos U.S.A. Aliás foram os States, que mais favoreceram no planeta a difusão das ditaduras de esquerda e da soi-disant direita. O estupro do Vietnã é exemplo paradigmático. Também não esqueçamos que Trumann mandou criminosamente massacrar Hiroshima e Nagasaki com duas bombas nucleares, quando o Japão estava para se render, e, essas cidades eram o centro do Catolicismo japonês e não eram centros industriais militares. Enquanto isso dois fascínoras nazistas, von Papen e Hess foram poupados da forca. Marie-Julie tinha recebido de Nossa Senhora a missão de sofrer pela conversão dos pecadores o que ela heroicamente aceitou. Além de seus sofrimentos físicos com doenças e tratamentos médicos foi agredida com sofrimentos morais. Vg: certa mulher leviana caluniou a vidente, e, padres sem caráter, endossaram a calúnia e privaram Marie-Julie durante onze anos e meio de freqüentar os sacramentos da Igreja:

Sobre o futuro castigo das trevas, temos estas revelações de Jesus Cristo à vidente:

"Os homens não escutaram as palavras, pronunciadas por minha Santíssima Mãe em Fátima. Ai daqueles que não escutarem minhas palavras agora. Os homens não compreenderam a linguagem da guerra. Muitos vivem em pecado, mais freqüentemente no de impureza. Ai daqueles que seduzem os inocentes". "As aparições freqüentes de minha boa Mãe, são obra de minha misericórdia. Eu a envio pela força do Espírito para prevenir os homens e para salvar aqueles que deverão ser salvos..." (14)

(14) Pierre Roberdel.  Les Propheties de la Fraudais de Marie-Julie Jahenny, Édition Résiac, Montsuss, France, 1974.


Isto aqui retrata bem o apodrecimento moral na Europa após a I Guerra Mundial. Chamo a atenção para o jornalista historiador americano Thomas Levenson, que, em sua biografia de Albert Einstein, o maior físico teórico da História, faz uma análise impressionante da podridão moral da Alemanha após a I Guerra Mundial (15).

(15) Thomas Levenson.  Einstein em Berlim, Ed. Objetiva Ltda, Rio de Janeiro, 2003.


A vidente francesa descreve com mais detalhes o castigo das trevas como segue:

"Virei sobre o mundo pecador num terrível estouro do trovão durante uma noite fria de inverno (no Hemisfério Norte). Um vento do Sul muito quente precederá aquela tempestade e pesados granizos escavarão a terra. De uma massa de nuvens vermelho-fogo e relâmpagos devastadores zig-zagueando inflamarão e reduzirão tudo a cinzas. O ar se impregnará de gases tóxicos e vapores mortais, que, em ciclones arrancarão as obras da audácia, da loucura e da vontade de poder da Cidade de Trevas". "Quando numa noite fria de inverno o trovão ribombar e fizer tremer as montanhas, então fechai rápido portas e janelas... Vossos olhos não devem profanar o terrível acontecimento com olhares curiosos..." "Reuni-vos em oração diante do crucifixo. Colocai-vos sob a proteção de Minha Santa Mãe... Não deixeis nenhuma dúvida se instalar em vós a propósito de vossa salvação: quanto mais confiantes, mais será inviolável a barreira com que Eu vos cercarei. Queimai velas bentas, recitai o rosário. Perseverai durante três dias e duas noites. Na noite seguinte o terror se calmará. Após o horror dessa longa obscuridade, o Sol aparecerá em todo seu esplendor e calor. Será uma grande devastação... Magnífico será Meu reino de paz e Meu nome será invocado e louvado do nascer ao descer do Sol" (14).

Noutra passagem da profecia, a vidente diz isto:

"A terra será revolvida até seus fundamentos. O mar levantará vagas rugidoras que se espalharão sobre o Continente. O sangue verterá com tal abundância que a terra se transformará em vasto cemitério. Os cadáveres dos ímpios e dos justos jazerão sobre o solo. A fome será grande. Tudo será convulsionado e três quartas partes da humanidade morrerá" (14).

(14) Pierre Roberdel.  Les Propheties de la Fraudais de Marie-Julie Jahenny, Édition Résiac, Montsuss, France, 1974.


Observemos os detalhes acrescentados ao castigo na visão de Marie-Julie: todos eles são compatíveis com o efeito de um impacto de asteróide ou cometa sobre nosso planeta. "Nuvens vermelho-fogo" que procedem do centro do impacto, que trazem os dejetos incandescentes da explosão, juntamente com as fumaças, fuligens, gases tóxicos e tsunamis. Ela menciona explicitamente "gases tóxicos e vapores mortais". O "trovão ribombar" é bem o ruído de uma fantástica explosão, que faz "tremer as montanhas". Durante três dias, trevas.

Mas ela aponta as causas de tal castigo: a apostasia na Igreja. Ela profetiza aquilo dito por Paulo VI em 1968 e 1969, respectivamente a "auto-demolição da Igreja" e a entrada "da fumaça de Satanás dentro da Igreja". Eis seus oráculos:

"A Igreja será um sepulcro, um túmulo de silêncio e abandono... Preparai-vos a assistir aos funerais da Igreja, aos funerais do Calvário... Preparai-vos a assistir aos funerais da Sé do Centro, que treme sobre o abismo. Preparai-vos a assistir aos funerais daquele que é o sustentáculo da Igreja, daquele que tem em Seu poder todas as luzes pela sua autoridade de Santo Padre".

"Ai dos pastores que abandonam o rebanho... Os discípulos que não são do Evangelho estarão em grandes trabalhos para refazer a seu talante e sob o empreendimento do inimigo, uma missa que encerrará palavras odiosas a Meu olhar".

"Antes que chegue Meu reino de paz e ressurreição, é mister que Satã reine em plenitude, como um soberano".

Acrescenta isto sobre a Igreja:

"Ela será entregue a todos os escândalos, a todas as profanações... o projeto dos inimigos da Igreja nesses dias, será elevar um grande barulho de suas vozes que saem de instrumentos que falam, esses instrumentos manejados pelos homens sujeitos ao poder do inferno. Serão espécies de músicas acompanhadas do canto mais ignóbil".

Tudo isto, sobretudo as missas sacrílegas com cantos ignóbeis projetados com amplificadores de arrebentar os tímpanos, e, tudo mais, é gritantemente óbvio em nossos dias. Quem não enxerga, ou, é totalmente embotado, ou, é conivente.

III.12 - IRMÃ ELENA AIELLO, ESTIGMATIZADA DA ITÁLIA (+1961)

Esta religiosa italiana sofria todas as semanas santas, as dores da Paixão de Cristo, acompanhadas de exudação de sangue. Por duas vezes recebeu mensagem de Deus ameaçando Mussolini, a seguinte:

"... se ele persiste seguir na guerra, será severamente punido pela Minha justiça" (16).

Vimos o que aconteceu com o "Duce" e sua amante antes do fim da II Guerra Mundial, i.e., em 1943.

Outra revelação, esta para a humanidade:

"O mundo todo está convulsionado porque agora está em condição pior do que no tempo do Dilúvio" (16).

(16) Rev. Francesco Spadafora.  The Incredible Life Story of Sister Elena Aiello, Theo. Gauss’ Sons Inc., Brooklin, N. York, 1964.


Ela também profetizou a II Guerra Mundial e os Três Dias de Trevas:

"Nuvens com relâmpagos de fogo no céu e uma tempestade de fogo cairá sobre o mundo. Essa terrível provação, nunca antes vista na História da humanidade, durará 70 horas. Pessoas sem Deus serão esmagadas e varridas. Muitos se perderão porque se mantêm na sua obstinação de pecar. Então se verá o poder da luz sobre o poder das trevas" (17).

(17) Msgr. William C. McGrath, P.A.  America... Sodom or Nineveh? Divine Love, Vol. 10, N. 3, 1967, Fresno, California.


III.13 - IRMÃ AGNES SASAGAWA, AKITA, JAPÃO (MENSAGEM DE 13 DE OUTUBRO DE 1973)

A Irmã Agnes Katsuko Sasagawa, como Marie-Julie e a Irmã Elena Aiello, foi um vaso de sofrimento para a conversão dos pecadores e a salvação da humanidade. O presidente da Blue Army John Haffert diz que ela está para Akita como a Irmã Lúcia está para Fátima (18).

(18) John M. Haffert.  The Meaning of Akita, 101 Foundation Inc., P.O Box 151, Asbury, N. Jersey, 1989.


Curada milagrosamente de uma paralisia de dezesseis anos, sofrendo penosamente com cirurgias e mudanças de hospital. Esta cura se deu após sua conversão ao Cristianismo graças a uma enfermeira católica. Também curada depois de uma surdez considerada irreversível pelos médicos. Com vocação religiosa ingressou na Congregação das Adoradoras do Santíssimo Sacramento fundada pelo Bispo de Akita, John Ito. A bela imagem em madeira de Nossa Senhora de Akita da Congregação se comunicava com a Irmã Agnes e várias vezes verteu lágrimas e sangue. Estes eventos, por solicitação do bispo, foram analisados por pesquisadores-médicos da Universidade de Akita, os quais excluíram qualquer origem fraudulenta para os mesmos. Quero lembrar que a Universidade de Akita pertence a uma rede de universidades japonesas especialmente voltadas para a pesquisa científica (19).

(19) Dennis Normile.  Too Many Science Cities? Science, Vol. 266, p. 1177, 1994.


Através da imagem considerada, a Virgem Santíssima em 13 de outubro de 1973 revelou à Irmã Agnes a apostasia dentro da Igreja Católica e o futuro castigo, que se compagina com as outras revelações particulares aqui consignadas. Eis o oráculo:

"Como já te disse se os homens não se arrependerem e não melhorarem o Pai infligirá uma terrível punição sobre toda a humanidade. Será um castigo maior que o dilúvio, tal que nunca foi visto antes. Fogo cairá do céu e varrerá uma grande parte da humanidade, os bons quanto os maus, não poupando nem sacerdotes e nem fiéis. Os sobreviventes se encontrarão tão desolados que invejarão os mortos. As únicas armas que restam para vós serão o Rosário e o sinal de Meu Filho. Todo o dia recitem o Rosário. Com o Rosário rezem pelo Papa, os bispos e os sacerdotes.

"O trabalho do diabo infiltrará até a Igreja em tal maneira que iremos ver cardeais opondo cardeais e bispos contra bispos. Os padres que Me veneram serão ridicularizados e perseguidos pelos seus confrades... Igrejas e altares serão saqueados: a Igreja estará cheia desses que aceitam compromissos e o demônio pressionará muitos padres e pessoas consagradas a deixar o serviço do Senhor".

"O demônio será especialmente implacável contra almas consagradas a Deus. O pensamento da perda de muitas almas é causa de Minha tristeza. Se os pecados crescem em número e gravidade não haverá mais perdão para eles" (20).

(20) Teiji Yasuda, O.S.V.  Akita. The Tears and Message of Mary, 101 Foundation Inc., Asbury, N. Jersey, 1987.


Chamou a atenção do Bispo de Akita, a coincidência da data desta revelação com a mesma da sexta aparição em Fátima, aquela do terceiro segredo, i.e., 13 de outubro. Por isso o Bispo John Ito, considerou esta revelação como o terceiro segredo de Fátima. Creio que há consistência na inferência de Dom John Ito, pois a aniquilação de grande parte da humanidade na chuva de fogo corresponde às palavras da Ir. Lúcia de que várias nações seriam aniquiladas (Referência 37, II, 7).

Houve pessoas que levantaram a objeção contra a autenticidade da revelação de Akita, esta: a Irmã teria lido o texto daquele falso segredo forjado em 1963 e muito difundido, pois ela apresenta aquelas mesmas palavras do mesmo, i.e., "cardeais contra cardeais e bispos contra bispos". Mas aconteceu um pequeno fato que levou o Bispo de Akita a excluir tal possibilidade. Pelo seguinte: a Irmã Agnes é monoglota e logo após ter recebido a mensagem foi perguntar ao bispo o que significava a palavra cardeal que ela ouvira de Nossa Senhora. A única palavra não japonesa era exatamente esta que ela ignorava. O bispo compreendeu que ela no Japão nunca teria lido um texto japonês com essa palavra estrangeira, mas com o termo sukikyo, que a Irmã aprendera no catecismo (20).

(20) Teiji Yasuda, O.S.V.  Akita. The Tears and Message of Mary, 101 Foundation Inc., Asbury, N. Jersey, 1987.


III.14 - ENZO ALOCCI EM 1966

Pescador e marinheiro casado, pai de família numerosa. Em setembro de 1966 recebeu estigmas da Paixão de Cristo, após ter recebido mensagem profética em abril do mesmo ano. Eis a revelação recebida de Maria Santíssima:

"O homem logo realizará seu nada e será forçado a se ajoelhar. O dia não está longe quando a terra toda será coberta pelo fogo e o mundo abundará de cadáveres. Só um quarto da humanidade sobreviverá" (21).

(21) A.J. Hebert, S.M.  Prophecies. The Chastisement and Purification, P.O. Box 309, Paulina, La. 70763, 1986.


Como em Sta. Maria do Jesus Crucificado e Marie-Julie Jahenny, o vidente italiano recebeu a revelação que no flagelo universal, 75% da humanidade seriam aniquilados. Se levarmos em conta que existem 6 bilhões de indivíduos humanos sobre o planeta e se esta população perdurar até o futuro castigo, sobrariam vivos 1,5 bilhão. Destes, muitos morrerão depois de fome e doenças. Eis um dos estipêndios de séculos de desprezo e ódio a Deus Criador e Redentor.

III.15 - CIENTISTA HÚNGARO EXILADO (L.G.A.) EM 1986

De um pescador e marinheiro passemos agora para os oráculos de um cientista húngaro exilado do comunismo, residente nos Estados Unidos. A alma de simples marinheiro, assim como a alma de um homem habituado às árduas labutas intelectuais da pesquisa científica, podem ser igualmente obedientes receptáculos da palavra divina.

Parece-me que a importância particular revelada ao vidente cientista, está na religação dos Três Dias de Trevas às revelações no Antigo Testamento sobre o Dia do Senhor. Isto aliás veremos no Capítulo IV. A mensagem recebida faz inicialmente referência à profecia de Joel II, 28-32 e se desenvolve nestas sentenças:

"Dize a teus irmãos e irmãs, assim fala o Senhor: O tempo está próximo, pois as palavras que Eu Sou Quem Sou pronunciou através Meus profetas estão para ser realizadas. Sim, já recebi o bastante de ofensas da humanidade, pois homens e mulheres, sim, até crianças, que são empurrados infindavelmente contra Minha Divindade, Eu Quem Sou, vosso Deus Trino, Eu falo e anuncio no máximo de solenidade: Estas Minhas palavras pronunciadas pelo profeta Joel estão para se completar agora".

"A Meus filhos de amor Eu ofereço a consolação de Nosso Espírito Santo, Deus Espírito Santo. A meus filhos errantes estou enviando dias de punição, os dias de Minha justa ira. Sabia que esses dias terríveis estão cheios de Meu amor e compaixão, porque receberei qualquer pessoa que tiver a presença de mente de Me chamar, Quem Sou, com um coração verdadeiramente arrependido".

"Mergulharei a terra em três dias e noites de trevas e a enviarei para sua crucifixão, assim como fiquei nas entranhas da terra durante três dias e noites após Minha Crucifixão. Quando o Sol se levantar depois desses dias e noites, a terra purificada brilhará como na Minha Ressurreição".

"Assim que as nuvens tenebrosas fecharão toda a luz, voltai-vos para o interior de vossas almas com o conhecimento de Minha Paz ser vossa, e então, ouvireis Minha Voz vos chamando no vosso silêncio interior. Sabei que Eu Quem Sou está falando convosco" (4).

(4) Albert J. Herbert, S.M.  The Three Days’ Darkness, P.O Box 309, Paulina, La. 70763, 1988


A profecia de Joel neste oráculo do cientista húngaro, se deu mais ou menos há dois mil e setecentos e oitenta anos atrás, ao passo que nesta revelação é dito que ela está para se completar agora. Obviamente em termos históricos, este "agora" não é equivalente a eu dizer "agora vou ao banco descontar um cheque". Um "agora" histórico pode significar dezenas de anos e até um século. Especular sobre datas neste caso é tarefa de homem ocioso, ou profeta de plantão. A presente profecia particular está lavrada num tom muito solene: Deus fala como Aquele que É, ou o Eu Sou Quem Sou, i.e., usando Seu nome revelado a Moisés em Ex. III, 14. Esta solenidade do oráculo é manifestação ontológica da infinitude do ser divino, comunicando ao homem a infinitude do poder de Deus para punir e salvar. Numa época em que os homens fazem tábula rasa do temor de Deus, é inconfundível que nesta mensagem Deus quer despertar nos corações humanos esse mesmo temor Daquele que é Infinito em Seu Ser e alerta que Seu poder para castigar é infinito.

III.16 - MARGARIDA. REVELAÇÕES DE 1970 E 1973

Margarida é pseudônimo de uma vidente belga, esposa e mãe de família. As revelações que ela apresenta, ricas em pensamentos de vida espiritual, incluem a denúncia da apostasia dentro da Igreja, assim como da ameaça de universal punição divina. Como nas profecias do vidente húngaro, ela relata o futuro castigo como sendo o Dia do Senhor. Em 1970 a vidente exibe estas palavras de Deus:

"A minha casa já não é casa de orações, mas sim um lugar de desordem espiritual intensa, onde reina uma falta de respeito sacrílega. A impiedade chegou ao cúmulo".

"Adiantarei Eu a minha hora para eles e para os que eles convertem às suas heresias?"

"E virá o Meu Dia, o Dia do Senhor. E esse dia verá o triunfo da Minha justiça e do Meu amor".

"E eis que se levanta o braço de Deus sobre este mundo até aos alicerces".

"O fogo do céu terá, pois, que descer sobre vós, porque sois surdos e cegos?" (22)

Em dezembro de 1973, mais esta ameaça do Dia do Senhor:

"Os maus esperam o Dia do Senhor, sem receio, porque não acreditam nele, e no entanto este dia virá, mais tarde ou mais cedo, e na hora querida por Mim" (22).

(22) Margarida.  Mensagem do Amor Misericordioso às Almas Pequenas, 3ª Edição Portuguesa, Barbosa e Xavier Ltda., Braga, 1982.


RESUMO DESTAS PROFECIAS PARTICULARES

Queda de cometa no oceano (Sta. Hildegarda).

Tsunamis destruindo cidades e países.

Terremotos em muitos lugares.

Tufões arrasadores.

Estrondo aparentemente universal.

Trevas de três dias determinadas por nuvens negras.

Chuva de fogo liquidando com grande número de criaturas. Segundo três dos videntes apresentados, 75% da raça humana serão extintos.

Gases tóxicos na atmosfera.

topo da página

índice de trabalhos

índice de autores